Visualizações de página

quinta-feira, 17 de março de 2011

Saudações.

Esta noite de lua cheia resolvi por em pratica algo que já algum tempo planejava, arte nas ruas.
fiz alguns trabalhos gráficos em imagens de grandes pensadores que me influenciaram quanto às minhas ideias... reproduzi estas imagens em papel A3 e acrescentei a elas citações dos mesmos dentro de balões, tal qual nas Hq que tanto amo.
leveios para a rua e os colei como "lambe-lambe" na lateral de um banco onde a luz e a visibilidade se adequavam ao que eu queria. Gostei muito do resultado final. foi bem glorificante ver o trabalho pronto.
meio aflito saímos eu e o meu cúmplice de montagem temendo repressão por parte dos seguranças da rua e do próprio banco.

essa foi uma boa sensação.

tomamos um vinho e decidi voltar à cena da intersecção urbana para fazer o registro das mesmas que desde o inicio sabia do carater efémero do meu trabalho. Assim o fiz, quando chegamos fiquei muito feliz mais uma vez de ver o preto no branco da parede sem graça.
tirei as fotos com a camera do celular mesmo (única que possuo).

ao me distanciar um cara tão jovem quanto eu se aproximou e rasgou dois dos três trabalhos.
senti muita raiva!
ao me aproximar com um desejo enorme de espanca-lo vi que tinha no bouço uma garrafa pet cheia de cola de sapateiro. Perguntei o que ele pensava que estava fazendo e ele disse que era da rua e que eles não gostavam daquilo, mais uma vez tive um desejo de agredi-lo... ainda bem que não o fizemos (eu e o meu cúmplice), vendo nossa raiva (ainda muito controlada) ele saiu correndo. eu, recolhi os pedaços rasgados e voltamos à praça próxima ao local, onde outros moradores locais acompanhavam tudo sem que percebessemos. alguns pediram para nós que tamassemos cuidado com aquele rapaz, disseram também que ele era um usuário e que é perigoso... eu, mais interessado no que eles acharam do meu trabalho perguntei o que eles pensavam dobre e fui bem recebido apesar de alguns elogiarem apenas um dos artistas retratado (Renato Russo), o que não é para menos (ele foi e é muito bom e devoro seus saberes sempre!). fiquei mais calmo e satisfeito. na verdade queria mesmo é que aquele jovem tivesse oportunidades para saber apreciar meu trabalho e que dessa forma caso não gostasse apenas o depreciasse da forma que fez... é isso que precisamos oportunidades!

aqui estão as fotos.





Ficaram assim:


no fim das contas algumas dezenas de pessoas poderam ver meu trabalho e por isso fiquei feliz, mas quero masi! esse trabalho é muito bom!

segunda-feira, 14 de março de 2011

Duas tirinhas baseadas em fatos reais que fiz em homenagem (ja faço até homenagens?) aos tão famosos personagens "Troll face"e "forever Alone".